Veja o que fazer ao ser despedido do emprego

Diversas pessoas que perderam seus empregos precisaram buscar outros meios para sobreviver. E muitos perceberam que tinha o espírito empreendedor após serem despedidos, uma vez que, como desempregados tiveram que elaborar alguma coisa para ganhar dinheiro.

Para pagar as dívidas, pois as contas não deixam de chegar, buscaram aumentar a renda com trabalhos que podem ser realizados em casa. Existem diversos tipos de trabalhos que podem ser exercidos na própria residência.

Mas se você estar nessa situação e gostaria outras opções de trabalho para ganhar dinheiro e se manter após a demissão, fique atento as dicas que daremos neste artigo.

Venda refeições saudáveis

Muitas pessoas que ficaram desempregadas durante o período de crise começaram a trabalhar vendendo refeições saudáveis e tiveram muito sucesso. Vender marmita saudável é uma ótima dica para trabalhar tanto em casa como na rua, já que esse negócio rende uma boa grana.

São muitas as pessoas que hoje procuram se alimentar de modo correto, evitando aquelas comidas que só satisfaz no momento, mas que não alimenta verdadeiramente.

As marmitas saudáveis são procuradas por pessoas que não sabem ou que não possui tempo para cozinhar e que não abre mão de uma comida caseira.

Faça depilação e maquiagem

Essa também é outra dica de como ganhar dinheiro atendendo na sua própria casa ou à domicílio. Para trabalhar com depilação o investimento é pouco e o retorno é garantido.

Essa é uma área de trabalho que cresce a cada dia, devido a procura pelo serviço, que além das mulheres, muitos homens estão aderindo à depilação.

Trabalhar maquiando também é uma excelente opção de ganhar dinheiro atendendo em casa ou na casa da cliente. São muitas mulheres que não sabem fazer uma maquiagem correta e procuram por esse serviço.

Você pode começar cobrando um pequeno valor e aproveitando para divulgar o seu trabalho. Quando você menos esperar, já estará vivendo disso.

Trabalhe escrevendo textos

Essa é uma das dicas para ganhar dinheiro em casa. Atualmente, diversas pessoas pagam as suas contas, com o trabalho de escrever textos. Trabalhar como freelancer é uma ótima oportunidade para aumentar a renda trabalhando com a internet.

Você pode criar conteúdo para pessoas que têm blogs, sites e ganhar por isso. Várias pessoas que trabalham com a internet procuram por esse serviço, então, é uma área que não vai faltar serviço.

Trabalhe com doces e salgados

Outra dica para ganhar dinheiro após uma demissão é trabalhar fazendo e vendendo doces e salgados. Esse é uma área de trabalho que nunca falta encomenda, uma vez que, há festas todos os dias.

Além disso, muitas pessoas que ficaram desempregadas e investiram em doces e salgados começaram a visitar algumas áreas comerciais oferecendo seus produtos e hoje vivem disso.

Os doces gourmet fazem muito sucesso hoje e existem diversos cursos que ensina sobre esse tipo de doce. Os salgados congelados também fazem muito sucesso, já que as pessoas que compram não precisam esperar.

Dê aulas

Caso você entenda sobre confeitaria, culinária, limpeza doméstica, idioma, poderá usar esse conhecimento para ganhar dinheiro, dando aulas.

Você poderá compartilhar este conhecimento por meio de aulas particulares. Você também pode aproveitar para ensinar alguma matéria escolar que você domine, o famoso ‘reforço escolar’. É uma ótima opção para ganhar dinheiro em casa.

 

Conheça os profissionais de finanças que podem avaliar sua empresa.

Está pensando em vender a sua empresa, mas não sabe o real valor dela? Pois isso é mais comum do que se imagina, já que muitos empresários acreditam que o valor da empresa é aquele que eles desejarem. Só que na verdade ocorre de maneira diferente, já que é preciso levar em consideração fatores como os lucros que a empresa tem, o capital de giro, investimentos, entre outros.

E para ajudar você a avaliar da melhor maneira o valor de venda do mercado da sua empresa o melhor é procurar profissionais de finanças especializados. Para ajudar a saber quem são esses profissionais, vamos listar neste artigo os que podem avaliar sua empresa. Confira!

 

Por que devo contratar um profissional

Claro que você pode ficar em dúvida de por que precisa de contratar um profissional de finanças para poder avaliar a sua empresa.  Esses profissionais conseguem elaborar avaliação de empresa valuation e saber exatamente quanto vale a sua empresa.

Já que colocar um valor sem essa avaliação, você pode acabar perdendo bons negócios por falta de conhecimento técnico.

Então se você quer vender sua empresa e ter lucros nesta venda, contratar esses profissionais é a melhor opção.

 

Contador

Se você já possui uma empresa de contabilidade que presta serviços na sua empresa será mais fácil, pois pode pedir que um desses profissionais faça a avaliação da sua empresa. Se for um contador que já tem conhecimento das finanças da sua empresa, poderá até mesmo ser mais rápido o processo de avaliação e assim você poderá colocá-la a venda mais rápido.

 

Empresa de consultoria

Dependendo do tamanho da sua empresa, você precisará de mais profissionais de finanças para conseguir chegar no voluation real dela. Seja um contador, economista, entre outros. Então você pode aproveitar e contratar um empresa de consultoria de finanças. Essas empresas possuem os mais diversos profissionais de finanças para conseguir avaliar todas as áreas da sua empresa e conseguir chegar no melhor valor para a venda dela.

 

Administrador

Os administradores com especialidade em finanças empresariais, também podem ser contratados para avaliar sua empresa. Pois eles conseguem não apenas avaliar do ponto de vista financeiro, mas levando em consideração os funcionários que a empresa possui, espaço físico, e outros pontos que contam para o valor final de uma empresa.

 

Quanto tempo demora a avaliação?

Não existe um tempo específico para poder ter o valor de venda de uma empresa, a verdade é que são muitos fatores que devem ser levados em consideração. Um dos principais é o tamanho da empresa, quanto maior, mais tempo será necessário para se fazer todas as avaliações e então chegar ao melhor valor de mercado.

Lembrando que são necessário avaliar os lucros da empresa e também fazer projeções para os meses seguintes para conseguir ter uma visão do crescimento da empresa e conseguir o melhor valor de mercado para ela.

Algumas avaliações podem levar de alguns meses, em torno de 2 a 3 meses, enquanto outras podem chegar até um ano. Mas isso também depende do profissional que você contratar para poder fazer essa avaliação para você.

Quanto mais experiente nesse assunto ele for, mais rápido será a definição de valor da empresa e você poderá colocá-la a venda o quanto antes.

 

O que você anda fazendo pelo seu corpo?

Ter um corpo saudável é muito mais do que apenas ser magro e malhar. Mas sim tudo o que envolve os seus hábitos, sejam ele alimentares, ou até cotidianos, como o tempo de sono, o estresse no dia a dia, entre outros. E muitas vezes nos esquecemos de como cuidar da maneira correta dele, o que pode nos deixar mais cansados, sem disposição e até desenvolver doenças físicas.

Você já se perguntou o que você anda fazendo pelo seu corpo? E como isso tem influência em todos os aspectos da sua vida? Pois neste artigo vamos mostrar algumas dicas para você incluir na sua rotina e ter mais saúde. Confira

Dieta Balanceada

Ter uma dieta balanceada é fundamental, isso você já deve está cansado de saber. Mas isso não é só para quem deseja perder peso não. Ter hábitos alimentares saudáveis deve ser algo que todos devem fazer, já que comer os alimentos corretos podem melhorar diversos aspectos da nossa vida.

E ter uma dieta balanceada e incluir gold standard whey protein pode ser ainda mais saudável, já que ele ajuda na saciedade e para quem treina, é um ótimo pré-treino. Existem também outros alimentos, como as frutas, verduras, proteínas, e legumes que devem está presentes na alimentação, já que o corpo precisa deles para funcionar bem.

Meditação

Se você nunca meditou, talvez possa achar um pouco difícil no começo, já que exige um pouco de concentração. Mas a verdade é que não existem regras na meditação, você pode não conseguir fazer longos períodos, ou limpar seus pensamentos.

Porém, essa é uma maneira prática e fácil de ajudar a melhorar a saúde do corpo também, já que durante o processo você passa a entender melhor algumas questões da sua vida, que podem prejudicar a sua saúde.

E também, exercícios de meditação ajudam na respiração, pode parecer estranho, mas muitas vezes esquecemos de respirar ao longo do dia, na correria tudo fica no automático e esquecemos de limpar o nosso corpo corretamente.

Atividade física

Mesmo que você não tenha como objetivo o emagrecimento, a atividade física ajuda na saúde do corpo. E você não precisa apenas de escolher ir para uma academia e ficar puxando ferros ou correndo na esteira.

As atividades físicas ao ar livre, como caminhada, corrida ou uma volta de bicicleta, também são ótimas e você ainda tem contato com o ar livre. Podendo inclusive incluir meditação e atividade física juntos.

Água

A última dica para ajudar a melhorar a saúde do seu corpo é a mais simples, mas que para algumas pessoas pode ser a mais difícil. A água é indispensável para que nosso organismo funcione bem. Tomar água nos deixa hidratados, melhora a pele, cabelos, unhas e ainda melhora o funcionamento do intestino e de outras funções do corpo.

Esse último passo aliado com os anteriores tem muito resultado, e você sente visivelmente e em pouco tempo todas as melhorias que seu corpo terá.

Então se você quer cuidar do seu corpo e fazer algo por ele, comece tomando água, pelo menos 2 litros por dia e já verá a diferença.

Gostou das nossas dicas? Nos conte nos comentários o que mais você anda fazendo pelo seu corpo!

 

Você sabe o valor de uma semi joia e suas qualidades?

Qual mulher não gosta de joias? Sem dúvidas elas são nossos sonhos de consumo, e tantas vezes custam caro e é muito difícil manter a variedade que tanto queremos.

Por outro lado, as bijuterias, apesar de gostarmos e usarmos bastante no dia a dia e encontrarmos algumas de real beleza, não traduzem o visual e a qualidade que queremos em alguns momentos mais especiais.

Ou seja, ficamos entre a informalidade de uma bijuteria e a classe (e o preço) de uma joia. Mas no meio, existem as semi joias. Onde temos uma qualidade superior à da bijuteria e que podemos comprar algo que se aproxima mais de uma joia.

Uma semi joia pode ser tão valiosa quanto uma joia verdadeira. Vamos falar um pouco desse acessório cada vez mais admirado pelas mulheres.

O que define uma semi joia?

Pelo próprio nome, podemos dizer que a semi joia é uma peça que lembre uma joia visualmente, mas não tem o peso e o valor de uma joia, tanto com ouro quanto com pedras preciosas.

No caso das joias feitas com ouro, as semi joias levam metais com uma fina camada de ouro, que não compromete o resultado final e o preço.

Para as joias com pedras preciosas, nas semi joias são usados materiais mais acessíveis e que pareçam com elas na aparência. É possível encontrar todos os tipos de acessórios feitos nesse estilo: brincos, colares, pulseiras e anéis, de todos os tamanhos e estilos.

Quais as características de uma semi joia?

  • Elas devem ter um design e um porte – presença visual – compatíveis com os da joia correspondente;
  • Para as joias com pérolas, são usadas pedras naturais e semelhantes;
  • Para as joias com brilhantes, são usadas zircônias;
  • Elas devem ter um acabamento igual ao da joia correspondente, sem emendas, rebarbas, furos e manchas;
  • A camada de ouro 18k devem ter no mínimo 3 milésimos; isso confere durabilidade à peça e justifica que ela seja considerada uma semi joia e o preço como tal.

Como podemos observar a qualidade de uma semi joia?

As semi joias devem ter acabamento e visual de alta qualidade; a única diferenciação para uma joia deve ser a pedra original usada.

Portanto, ao observar uma semi joia, avalie com cuidado o acabamento, o brilho da pedra e dos demais detalhes, tudo como se fosse uma joia. Um dos maiores erros de alguns fabricantes é usar uma camada mais fina de ouro e com níquel, e são dois itens que não devem acontecer.

Como devemos cuidar de uma semi joia?

Para o começo de uma conservação correta de uma semi joia, devemos ter dois cuidados em mente:

  • Sem joias não são peças de uso contínuo, como alianças por exemplo;
  • A camada de ouro usada não tem a mesma resistência daquela que é usada em uma joia.

Desta forma, precisamos ter os seguintes cuidados para que uma semi joia dure bastante e sempre em perfeito estado:

  • Evitar ao máximo arranhões, choques e quedas;
  • Evitar contato com perfume e produtos químicos;
  • Ao guardar, manter longe da luz e de veludos;
  • Para uma limpeza simples, retirando gordura proveniente da pele, lave com água, sabão neutro e uma escova pequena e macia;
  • O escurecimento por oxidação pode ser causado pelo ácido úrico expelido pelo suor e pode ser retirada com uma flanela abrasiva;

 

5 dicas para manter um restaurante sempre limpo e organizado!

Nos restaurantes está a mais popular de todas as experiências humanas: desfrutar do prazer de uma refeição gostosa.

E para que cada um chegue neste objetivo, e com isso o seu negócio prospere, é preciso passar por uma série de cuidados diários. Você lida com alimentos e bebidas em um ambiente limpo, organizado onde eles precisam estar perfeitamente conservados.

Por isso, separei X dicas para manter um restaurante sempre limpo e organizado.

Dica 1 – Apresentação dos Funcionários

Este item é o cartão de visitas de todo o seu atendimento; por melhor que seja a refeição, a apresentação e higiene dos funcionários fará muita diferença na experiência do cliente.

É importante que os funcionários usem sempre uniforme para atendimento nas mesas, no balcão e para o trabalho na cozinha. Para o trabalho na cozinha, o uniforme deve cobrir os braços e todos devem usar toucas.

Para as mesas, o ideal é sempre usar um avental de plástico ou material sintético, por cima de um uniforme, para que ele possa ser limpo rapidamente ou trocado caso seja manchado de comida. E claro, um cuidado extremo com unhas, mãos e cabelos – presos se forem grandes.

Dica 2 – Refrigeradores

É fundamental ter cuidados com os refrigeradores do seu restaurante, pois neles estão seus itens mais importantes – bebidas e alimentos – e qualquer descuido pode colocar seu negócio em situações ruins.

Os equipamentos devem estar em perfeito funcionamento e com a temperatura sempre regulada conforme o conteúdo e o enchimento, para que mantenham os alimentos em ótimas condições de uso.

Qualquer problema técnico ou desregulagem vai impactar na conservação, os alimentos podem estragar e, dependendo do nível, não é possível perceber no preparo, mas serão sentidos pelos clientes em problemas gastrointestinais graves.

A limpeza também é importante, para evitar mau cheiro, contaminações e presenças de animais. E manter bebidas e alimentos em refrigeradores diferentes.

Dica 3 – Caixa de Gordura

Este acessório é de grande importância para locais como restaurantes, que eliminam quantidades de gordura e dejetos através dos ralos de pias.

A gordura nunca deve ser jogada diretamente nos escoamentos de pias, mas sempre há uma quantidade que acaba passando, por isso devemos ter a caixa gordura, que evita que a gordura prossiga pelo encanamento de esgoto público.

A limpeza deve ser periódica, a cada 6 meses, e isto também evita que a gordura se acumule, acabe entupindo a saída da água e retorne tudo, causando um grande transtorno que pode até interditar seu restaurante!

Dica 4 – Despensa

A limpeza e conservação da despensa de um restaurante é fundamental. Ali estarão os mais variados tipos de alimentos e materiais e é uma área que normalmente fica próxima de outros imóveis comerciais e no nível da rua, portanto mais sujeita a invasão de insetos e roedores.

Os itens nunca devem ficar no nível do chão, para evitar contato com insetos e material usado em limpezas. As prateleiras devem ser amplas, para permitir a passagem de ar e evitar o calor e umidade, além de facilitar a retirada das mercadorias e a limpeza.

Evite guardar os alimentos em potes, mesmo com etiquetas; o armazenamento de um restaurante é de médio prazo e as embalagens dos fabricantes protegem melhor, como nos supermercados.

E claro, a limpeza deve ser frequente, para evitar pragas que podem atacar os alimentos.

Dica 5 – Descarte e Coleta Seletiva de Lixo

Uma coleta seletiva é parte indispensável das condições de higiene de todo estabelecimento, principalmente os restaurantes, pela grande produção de lixo.

E neste lugares vários tipos de lixo são gerados: gordura, óleos, restos de comida, alimentos vencidos, embalagens plásticas e de vidro e outros.

O lixo de um restaurante exige um tratamento cuidadoso para que todos os recicláveis possam ser separados e destinados ao reaproveitamento e os orgânicos não sejam descartados erradamente, contaminando ou sujando as dependências do restaurante e ruas ou ficar expostos a pragas.

Para isso você pode contar com a ajuda de uma gestão de resíduos sólidos.

 

Quer investir em imóveis, mas não sabe por onde começar? Vejas as dicas!

O investimento em imóveis esteve em baixa nos últimos anos, devido a crise econômica que paralisou o setor da construção civil, deixando milhares de imóveis prontos e sem cliente.

Resultado: preços em queda, mas sem chance remota de fazer lucro investindo em imóveis por falta de compradores. Com o reaquecimento – ainda lento mas constante – da economia e as quedas constantes da Selic, este tipo de investimento volta a ser interessante.

Se você quer investir em imóveis, mas não sabe por onde começar, vejas as dicas. Elas podem te ajudar a decidir pela melhor opção.

Dicas para investir em imóveis e ter sucesso

Esteja sempre muito bem informado sobre o setor

Investir com sucesso em imóveis exige mais do que comprar por um ótimo preço imaginando vender por um preço melhor ainda e ganhar muito.

É preciso acompanhar diariamente (ou quase) todas a tendências do setor, os movimentos da região onde você quer investir, se existem fatos antigos e novos que podem valorizar ou desvalorizar os imóveis, as exigências municipais.

E claro, monitore os preços para chegar em um ponto de compra e venda ótimo, ou de compra com expectativa futura positiva.

Seja diferenciado

Sim, existe concorrência nesta sua atividade. É importante você pensar no que pode ser oferecido como diferencial. Pagar todas as despesas de compra, por exemplo. Oferecer uma cozinha ou um quarto planejado. Enfim, as opções são muitas, basta você calcular bem o que pode ser feito.

Se nada for possível, fique com o pacote básico que nunca falha: rapidez nas respostas, atendimento simpático, nenhuma pressa e honestidade com todas as informações, além de compromisso com as burocracias da venda.

Não restrinja a sua ação

Você pode encontrar ótimas oportunidades na cidade do lado. Ou em galpões invés de apartamentos. Se especializar pode fazer perder chances em outro nicho. Você está investindo, então o que importa são as transações que tragam lucros para você.

01 – Investir em imóveis: na planta

Imóveis na planta custam em média 40% menos do que imóveis prontos. As condições de pagamento costumam ser muito boas para prender os clientes pela espera da obra. São belos argumentos para apostar neles.

Investir em imóveis na planta é uma opção muito boa para quem está começando; ao final da obra, você pode alugar ou vender um imóvel novinho. Mas alguns cuidados são essenciais:

  • Fiscalize a obra como um futuro morador, do começo ao fim, questionando problemas, qualidade de material, atrasos.
  • Pesquise a idoneidade da construtora, o que entregou, se atrasou, se tem processos na justiça.

02 – Investir em imóveis: leilões

Sim, os leilões são operações complicadas e a maioria dos imóveis está ainda ocupada e será você a buscar a saída das pessoas. E ainda rezar pelo estado do imóvel.

Mas se você tiver tempo e paciência, pode pegar o edital e visitar os que mais interessar, mesmo de longe, para conhecer a região, vizinhança, comércio, itens que podem melhorar ou piorar a situação.

É uma compra de risco? Sim. Mas o preço de compra pode compensar. Avalie com cuidado e com esperança.

03 – Investir em imóveis: comprar para alugar

Esta opção tem como grande vantagem o leque de opções para ganhar dinheiro: apartamentos, casas, galpões, salas comerciais, casas de veraneio e lojas comerciais.

O mais importante é estudar as regiões e encontrar pontos de valorização para cobrar o preço de mercado do aluguel. E claro, associar-se a uma administradora idônea para a cobrança – não vale a pena tratar disso diretamente.

04 – Investir em imóveis: consórcio

Aqui você tem duas opções muito interessantes:

  1. Comprar cotas de consórcio para investir nas compras futuramente. As condições de parcela e prazo são muito boas e você pode comprar o imóvel que desejar com a carta de crédito. Portanto, pode comprar num preço ótimo e vender logo em seguida, quitando as parcelas que faltarem, como num financiamento imobiliário.
  2. Comprar uma carta de crédito contemplada imóvel. É uma boa ideia para quem está começando e não tem dinheiro para investir.

 

Quer abrir um negócio online? Veja essas dicas!

Estar online é fundamental para qualquer negócio, seja qual for o segmento ou porta da empresa. É preciso ter uma visibilidade muito maior do que os negócios físicos conseguem alcançar com as estratégias disponíveis de Propaganda e Marketing.

Um negócio virtual pode alcançar e se comunicar com um público de milhões de pessoas que trafegam pelas redes sociais e fazem bilhões de pesquisas todos os dias.

Pensando nisso, um e-commerce pode ser a melhor alternativa para o seu produto ou serviço ser mais visto e aumentar as possibilidades de vendas.

Você quer abrir um negócio online? Veja essas dicas e comece com sucesso!

Negócio online 01 – definir cuidadosamente o nicho do seu negócio

Você quer abrir um e-commerce de venda de ar condicionado? Ótimo, mas qual será o perfil dos seus produtos e para quem você vai vender?

Decidir por vender todos os tipos de aparelho pode ser interessante, mas se a sua clientela é de alto padrão de renda, certamente os aparelhos de parede tradicionais não terão muita saída.

Então você pode decidir vender ar condicionados split e portáteis. Mas você vai vender serviços para eles também? Talvez a região da sua loja não permita. Assim você começa a definir o nicho e será mais assertivo nas decisões seguintes do negócio.

Negócio online 02 – criar sua linha de produtos

Este ponto é fundamental para os investimentos de estoques e equipamentos. Você pode decidir vender aparelhos de uma ou várias marcas.

E isto também vai impactar nas políticas de preços das empresas com o seu negócio, principalmente com aquelas que investem na exclusividade.

 

Negócio online 03 – montar seu Plano de Negócio

Este é o documento mais importante do se negócio. Nele você vai definir todas as ações e estratégias que acontecerão depois de decidir o que vender.

Precificação, investimentos de abertura, despesas e receitas mensais, margem esperada, tempo de retorno, potencial de clientes, o que investir em marketing, dimensionar pessoal e muitos outros fatores.

Seu negócio online começa a nascer aqui – até agora todos os negócios têm estes passos em comum.

Negócio online 04 – criar o site/blog de qualidade

São os dois principais canais de comunicação digital com seus clientes. E devem ser atraentes visualmente para o seu público-alvo.

Lembre-se: se o layout do seu site/blog fala com seus potenciais clientes, esqueça o quanto ele não é do seu agrado. Não é isso que vai importar para vender. Invista em uma plataforma de criação de sites com boa qualidade.

Mesmo que você saiba desenvolver o site/blog, recomendo contratar um profissional para liberar você para uma série de responsabilidade maiores – contratar pessoal, por exemplo – e ele estudará muito mais a fundo o que é necessário.

Negócio online 05 – definir as ações de marketing

Chegou a hora de decidir como seu negócio vai alcançar e ser visto digitalmente pelo público-alvo. Uma das ações essenciais é ter Redes Sociais.

Não invista em todas, porque algumas são nichadas demais. Avalie se o público predominante da rede social é aquele que poderá se interessar pelo seu produto ao ponto de valor o investimento de recurso e tempo.

Recomendo contratar um profissional de marketing digital para entender os detalhes do negócio e orientar sobre o que é mais eficaz para ele.

Negócio online 06 – criar sua infraestrutura de Telecom

O seu investimento em Telecom é fundamental para dar todo o suporte às operações de venda por telefone e pelo site.

Conforme as definições de equipes, necessidades de internet e servidores e esquema de atendimento telefônico e por whatsapp, você não só precisará comprar equipamentos, mas também poderá decidir sobre formas de contato ativo e receptivo dos clientes.

Algumas delas são o Whatsapp Business e usar os números restritos nas ligações e mensagens, para você ganhar privacidade, evitando ligações incômodas e hora dos horários. Saiba mais em como ligar restrito e se beneficie deste recurso.

 

Ocupações para os jovens do Brasil: conheça ótimas alternativas!

O Brasil ainda atravessa uma fase de desemprego alto, e apesar das melhoras no cenário econômico dos últimos esses e do cenário político a partir de 2019 – que sempre renova as iniciativas do mercado – elas são ainda tímidas e vão levar um bom tempo para retomarmos um caminho de crescimento real e constante.

E em meio a tantos profissionais procurando uma nova oportunidade, milhões de jovens a partir dos 14 anos também querem chegar ao mercado de trabalho.

São muitos que precisam trabalhar para ajudar no sustento das famílias, outros querem estar no mercado e viver novas e grandes responsabilidades – e onde o fator financeiro não pesa tanto. E independente do motivo, todos têm em comum a falta de experiência.

Mas o que pode soar como problema na maioria das empresas, é natural e bem-vindo para algumas oportunidades em um mercado de trabalho cada dia mais dinâmico e surpreendente.

São possibilidades onde não há preconceito com a inexperiência e valoriza-se a vontade de aprender constantemente, a iniciativa e o desejo de crescer sempre.

Você quer começar uma carreira profissional sem experiência? Vamos falar de algumas ocupações para os jovens do Brasil.

1 – Jovens no mercado: a experiência e o networking dos trabalhos voluntários!

Sim, começamos por uma atividade que não traz retorno financeiro – e este pode não ser o principal fator para alguns jovens buscarem o mercado.

Os trabalhos voluntários, em ONGs e associações, são extremamente ricos em experiências para o mundo profissional, tanto para as habilidades quanto para os relacionamentos.

É onde você pode vivenciar os trabalhos em grupos com responsabilidade social, enfrentar dificuldades naturais e desenvolver a resiliência, ter a noção da importância no atingimento de metas, a satisfação de cumprimento delas, e tudo em benefício da vida de outras pessoas.

E um trabalho rico de relacionamentos internos e externos que ajudam a formar o primeiro networking profissional, que poderá ser decisivo nas oportunidades do futuro.

Os trabalhos voluntários devem ser incluídos em currículo, pois hoje em dia são muito valorizados pelas empresas.

2 – Jovens no mercado: investir nas habilidades para empreender!

Os jovens sempre foram o grande para-raios das novidades tecnológicas e de comportamento das grandes empresas.

No mundo de hoje, eles também são agentes de mudança. Você já pensou nas habilidades que adquiriu até hoje com os estudos e a tecnologia? O mundo dos games, por exemplo, pode agregar muito mais do que lazer para vocês.

Existe um número crescente de jovens que estão no Empreendedorismo Digital – têm e estão adquirindo experiência tecnológica para desenvolver aplicativos, criar novos programas, participar de grupos de robótica.

3 – Jovens no mercado: o Jovem Aprendiz abre as portas do mercado!

O programa Jovem Aprendiz é uma grande iniciativa criada pelo governo federal em 2000 e destinada a capacitar e inserir jovens no mercado trabalho, dando a eles a primeira oportunidade de emprego com aprendizado.

Todas as médias e grandes empresas são obrigadas por lei a reservar parte de suas vagas para o programa Jovem Aprendiz. E o horário dele não pode coincidir com o horário das aulas, pois o jovem não deve em hipótese alguma abandonar o ensino regular.

O programa exige que o jovem esteja matriculado na rede de ensino e com idade mínima de 14 anos e máxima de 24 anos. É uma excelente forma de começar a vida profissional com seus estudos sendo valorizados.

Quer conhecer mais sobre este programa de sucesso que beneficia milhares de jovens todos os anos? Basta acessar Jovem aprendiz 2019 e saber mais!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entenda porque uso mais de uma conta de E-mail!

Ao contrário de muitas previsões feitas anos atrás de que o e-mail cairia em desuso com a chegada de meios mais instantâneos de comunicação como o Whatsapp e o uso maior das redes sociais e de blogs, os provedores de e-mail continuam sendo um instrumento fundamental para diversas atividades.

Em especial, o e-mail é usado como parte da estratégia de E-mail Marketing para os negócios, que atrai, engaja e fideliza clientes em torno das marcas para aumentar as chances de fechamento de vendas.

E o uso pessoal continua em alta.

E na contramão das previsões, mais pessoas decidem ter mais de uma conta de e-mail. E eu aderi a esta decisão, com resultados práticos muito bons.

Entenda porque uso mais de uma conta de E-mail!

1 – Com os negócios crescendo, é preciso ter um e-mail dedicado.

Por um bom tempo, eu concentrei em um e-mail todas as mensagens pessoais (que era o uso inicial dele) e profissionais, para meu negócio digital.

Porém, com o tempo e o crescimento do negócio (felizmente), surgiu a necessidade de gerenciar melhor os dois mundos separadamente para tirar o melhor proveito dos recursos em um perfil sem que esses sobrecarregassem o outro perfil sem necessidade.

Um bom exemplo é a criação de pastas. No meu negócio, elas são fundamentais para gerenciar diversos assuntos, mas não é algo importante para meu perfil pessoal.

Vamos falar de outros fatores e benefícios da decisão de ter duas contas de e-mail.

2 – O e-mail como ferramenta do meu negócio

Com o crescimento do meu negócio físico, resolvi investir no mundo digital e abrir um pequeno e-commerce. Afinal, as maiores oportunidades estão do outro lado da tela, com milhões de pessoas prontas para achar o que precisam e desejam e comprar com um clique.

Ter uma conta apenas tornou-se inviável pois eu usaria o e-mail para receber ações de possíveis clientes nas landing page do meu negócio. Cadastro para receber conteúdos por e-mail, solicitações de orçamento, dúvidas e reclamações. Tudo se torna mais fácil quanto os clientes e potenciais clientes usam este canal, basta estar disponível ou ter uma equipe que atenda com a maior agilidade possível.

Ter todo este movimento – que felizmente cresce – junto com assuntos pessoais ficou inviável de gerenciar, principalmente quando uma terceira pessoa faz o atendimento – deixar que terceiros acessem meu e-mail com conteúdo pessoal.

3 – A estratégia de Funil de Vendas do meu negócio

Você já deve conhecer esta ferramenta essencial para o sucesso de conquista de mercado e de vendas em um negócio online – e como suporte de um negócio físico.

O Funil de Venda pode se descrito como uma jornada do cliente entre fases que vão da atração dele para o seu negócio, de forma indireta (sem existir ainda a oferta) à compra:

  • Descoberta: despertar no cliente a sensação de que tem uma dor ou pode perceber uma oportunidade;
  • Reconhecimento: quando ele realiza que tem a dor/oportunidade e começa a pesquisar as opções;
  • Consideração: o cliente conhece algumas opções, mas precisamos criar nele a urgência para a compra;
  • Decisão: é quando ele está decidido a compra e começa a pesquisar sobre quem vai fornecer, é a hora de apresentar o seu produto e iniciar a venda direta.

Cada fase dessas tem link para conteúdos (artigos) publicados em site, blog e redes sociais que ele recebe por e-mail e pode interagir com outra fase do funil.

Imaginem toda esta estrutura eficiente sendo administrada em um e-mail com assuntos pessoais e funis de outras empresas para você. Inviável, não é mesmo?

4 – Transmitir uma imagem profissional ao seu negócio

A imagem do negócio está ligada, no dia a dia, à pequenas atitudes que falam mais sobre a sua empresa, pois são as que chegam primeiro aos possíveis clientes.

Uma delas, sabemos, é o logotipo. Precisa ser dinâmico e refletir com precisão o seu negócio e a sua personalidade. A outra é ter um e-mail corporativo, que associe você à sua empresa.

Ter um e-mail corporativo é o ideal. Custa pouco e vai transmitir profissionalismo para a sua empresa. E para meus contatos pessoais, continuo usando uma excelente ferramenta em provedor gratuito. Veja aqui como fazer também sua conta Hotmail.

 

 

Você já trabalha em home office há algum tempo? Então é hora de pensar nesses investimentos!

Trabalhar em casa, podendo fazer os próprios horários, eliminando diversos custos como emprego formal ou empreendedor em um espaço físico, ter mais qualidade de vida. Este é o sonho de praticamente todos os trabalhadores, não é mesmo?

Este sonho vem se tornando realidade para um número cada vez maior de profissionais: o trabalho em home office.

Ele é hoje a alternativa de muitas empresas para reduzir alguns custos e o tempo gasto por seus funcionários no trajeto – e o impacto negativo na saúde e no desempenho deles – e também de muitos empreendedores que querem fugir de tantos custos para abrir uma loja ou sala.

Existe hoje muita informação que ajuda desenvolver um home office eficiente, sem os erros comuns quando este modelo de trabalho ainda era uma moda.

E você? Já trabalha em home office há algum tempo? Então é hora de pensar nesses investimentos para aumentar a qualidade do seu negócio.

Segurança de Dados para o seu Home Office

Com o passar do tempo, criamos em um novo negócio um patrimônio que nem sempre é bem cuidado: as nossas informações e dados. Nestes tempos de crimes virtuais, não podemos descuidar daquilo que impulsiona os negócios.

É essencial investir em um antivirus mais abrangente possível, com diversas prevenções, como em ataques por e-mails e os ransomware, que capturam os dados em troca de recompensas financeiras. As melhores soluções de proteção do mercado são pagas, mas não são valores altos (alguns custos em torno de 150 reais ao ano) e o benefício de ter o capital intelectual protegido não tem preço.

Outro cuidado importante é ter backup de todos os dados. Pode ser um dispositivo externo dos seus computadores ou o backup em nuvem, que hoje conta com sites com alto nível de proteção e são fáceis de acessar em qualquer lugar.

Segurança Patrimonial para o seu Home Office

Sim, você certamente tem um seguro residencial e em muitos negócios home office sem estoques e maquinário, ele pode cobrir os equipamentos de informática. Neste caso, recomendo verificar a apólice e garantir que este conteúdo estará coberto.

E se o seu negócio tem estoques e equipamentos de produção? Seu seguro residencial não cobrirá perdas ou roubo neste caso, então você precisa investir em um seguro empresarial. Sua empresa precisa estar registrada e legalizada para fazer um contrato com uma seguradora.

Pode dar trabalho, mas ter segurança vale muito o esforço.

Ergonomia para o seu Home Office

Para todos os negócios em home office, em especial os que demandam apenas um escritório, é fundamental investir em ergonomia: móveis e equipamentos que estejam em sintonia com as características físicas de quem os usa.

As doenças de coluna, articulações e musculares, na sua maioria, decorrem de má postura recorrente no trabalho, principalmente no trabalho sentado por horas. E as preocupações com custos, metas e resultados costumam nos afastar da preocupação com isto.

Procure, sempre que possível, avaliar os melhores equipamentos – mesas, cadeiras, gaveteiros, prateleiras de estoque, bancadas – para a saúde de todos que trabalham no seu negócio. Você vai manter a produtividade em alta, motivar as pessoas (e a você mesmo) com esta preocupação e evitar problemas sérios de saúde.

Energia para o seu Home Office

Imagina paralisar seus trabalhos, não poder enviar seus trabalhos ou orçamentos para os clientes porque sua residência está sem energia?

Ou pior, perder todo o estoque e insumos perecíveis? São situações que podem representar prejuízos difíceis de ser recuperados – perder clientes por demora nas respostas é um dos maiores.

É importante ter uma solução de emergência para não deixar o negócio parar por falta de energia. Considerar a compra ou o aluguel de um gerador de energia pode evitar transtornos e perdas. Saiba mais como conseguir isso no site do Grupo gerador diesel.

Com um gerador, também é possível economizar na conta de energia, usando o equipamento como fonte principal nos horários de pico do custo da energia pública.