Conheça os profissionais de finanças que podem avaliar sua empresa.

Está pensando em vender a sua empresa, mas não sabe o real valor dela? Pois isso é mais comum do que se imagina, já que muitos empresários acreditam que o valor da empresa é aquele que eles desejarem. Só que na verdade ocorre de maneira diferente, já que é preciso levar em consideração fatores como os lucros que a empresa tem, o capital de giro, investimentos, entre outros.

E para ajudar você a avaliar da melhor maneira o valor de venda do mercado da sua empresa o melhor é procurar profissionais de finanças especializados. Para ajudar a saber quem são esses profissionais, vamos listar neste artigo os que podem avaliar sua empresa. Confira!

 

Por que devo contratar um profissional

Claro que você pode ficar em dúvida de por que precisa de contratar um profissional de finanças para poder avaliar a sua empresa.  Esses profissionais conseguem elaborar avaliação de empresa valuation e saber exatamente quanto vale a sua empresa.

Já que colocar um valor sem essa avaliação, você pode acabar perdendo bons negócios por falta de conhecimento técnico.

Então se você quer vender sua empresa e ter lucros nesta venda, contratar esses profissionais é a melhor opção.

 

Contador

Se você já possui uma empresa de contabilidade que presta serviços na sua empresa será mais fácil, pois pode pedir que um desses profissionais faça a avaliação da sua empresa. Se for um contador que já tem conhecimento das finanças da sua empresa, poderá até mesmo ser mais rápido o processo de avaliação e assim você poderá colocá-la a venda mais rápido.

 

Empresa de consultoria

Dependendo do tamanho da sua empresa, você precisará de mais profissionais de finanças para conseguir chegar no voluation real dela. Seja um contador, economista, entre outros. Então você pode aproveitar e contratar um empresa de consultoria de finanças. Essas empresas possuem os mais diversos profissionais de finanças para conseguir avaliar todas as áreas da sua empresa e conseguir chegar no melhor valor para a venda dela.

 

Administrador

Os administradores com especialidade em finanças empresariais, também podem ser contratados para avaliar sua empresa. Pois eles conseguem não apenas avaliar do ponto de vista financeiro, mas levando em consideração os funcionários que a empresa possui, espaço físico, e outros pontos que contam para o valor final de uma empresa.

 

Quanto tempo demora a avaliação?

Não existe um tempo específico para poder ter o valor de venda de uma empresa, a verdade é que são muitos fatores que devem ser levados em consideração. Um dos principais é o tamanho da empresa, quanto maior, mais tempo será necessário para se fazer todas as avaliações e então chegar ao melhor valor de mercado.

Lembrando que são necessário avaliar os lucros da empresa e também fazer projeções para os meses seguintes para conseguir ter uma visão do crescimento da empresa e conseguir o melhor valor de mercado para ela.

Algumas avaliações podem levar de alguns meses, em torno de 2 a 3 meses, enquanto outras podem chegar até um ano. Mas isso também depende do profissional que você contratar para poder fazer essa avaliação para você.

Quanto mais experiente nesse assunto ele for, mais rápido será a definição de valor da empresa e você poderá colocá-la a venda o quanto antes.

 

5 dicas para manter um restaurante sempre limpo e organizado!

Nos restaurantes está a mais popular de todas as experiências humanas: desfrutar do prazer de uma refeição gostosa.

E para que cada um chegue neste objetivo, e com isso o seu negócio prospere, é preciso passar por uma série de cuidados diários. Você lida com alimentos e bebidas em um ambiente limpo, organizado onde eles precisam estar perfeitamente conservados.

Por isso, separei X dicas para manter um restaurante sempre limpo e organizado.

Dica 1 – Apresentação dos Funcionários

Este item é o cartão de visitas de todo o seu atendimento; por melhor que seja a refeição, a apresentação e higiene dos funcionários fará muita diferença na experiência do cliente.

É importante que os funcionários usem sempre uniforme para atendimento nas mesas, no balcão e para o trabalho na cozinha. Para o trabalho na cozinha, o uniforme deve cobrir os braços e todos devem usar toucas.

Para as mesas, o ideal é sempre usar um avental de plástico ou material sintético, por cima de um uniforme, para que ele possa ser limpo rapidamente ou trocado caso seja manchado de comida. E claro, um cuidado extremo com unhas, mãos e cabelos – presos se forem grandes.

Dica 2 – Refrigeradores

É fundamental ter cuidados com os refrigeradores do seu restaurante, pois neles estão seus itens mais importantes – bebidas e alimentos – e qualquer descuido pode colocar seu negócio em situações ruins.

Os equipamentos devem estar em perfeito funcionamento e com a temperatura sempre regulada conforme o conteúdo e o enchimento, para que mantenham os alimentos em ótimas condições de uso.

Qualquer problema técnico ou desregulagem vai impactar na conservação, os alimentos podem estragar e, dependendo do nível, não é possível perceber no preparo, mas serão sentidos pelos clientes em problemas gastrointestinais graves.

A limpeza também é importante, para evitar mau cheiro, contaminações e presenças de animais. E manter bebidas e alimentos em refrigeradores diferentes.

Dica 3 – Caixa de Gordura

Este acessório é de grande importância para locais como restaurantes, que eliminam quantidades de gordura e dejetos através dos ralos de pias.

A gordura nunca deve ser jogada diretamente nos escoamentos de pias, mas sempre há uma quantidade que acaba passando, por isso devemos ter a caixa gordura, que evita que a gordura prossiga pelo encanamento de esgoto público.

A limpeza deve ser periódica, a cada 6 meses, e isto também evita que a gordura se acumule, acabe entupindo a saída da água e retorne tudo, causando um grande transtorno que pode até interditar seu restaurante!

Dica 4 – Despensa

A limpeza e conservação da despensa de um restaurante é fundamental. Ali estarão os mais variados tipos de alimentos e materiais e é uma área que normalmente fica próxima de outros imóveis comerciais e no nível da rua, portanto mais sujeita a invasão de insetos e roedores.

Os itens nunca devem ficar no nível do chão, para evitar contato com insetos e material usado em limpezas. As prateleiras devem ser amplas, para permitir a passagem de ar e evitar o calor e umidade, além de facilitar a retirada das mercadorias e a limpeza.

Evite guardar os alimentos em potes, mesmo com etiquetas; o armazenamento de um restaurante é de médio prazo e as embalagens dos fabricantes protegem melhor, como nos supermercados.

E claro, a limpeza deve ser frequente, para evitar pragas que podem atacar os alimentos.

Dica 5 – Descarte e Coleta Seletiva de Lixo

Uma coleta seletiva é parte indispensável das condições de higiene de todo estabelecimento, principalmente os restaurantes, pela grande produção de lixo.

E neste lugares vários tipos de lixo são gerados: gordura, óleos, restos de comida, alimentos vencidos, embalagens plásticas e de vidro e outros.

O lixo de um restaurante exige um tratamento cuidadoso para que todos os recicláveis possam ser separados e destinados ao reaproveitamento e os orgânicos não sejam descartados erradamente, contaminando ou sujando as dependências do restaurante e ruas ou ficar expostos a pragas.

Para isso você pode contar com a ajuda de uma gestão de resíduos sólidos.